CF: Death Tricks (Midnight Queen)

em terça-feira, 27 de setembro de 2016 |

Lembre-se que nada dito aqui tem a intenção de te magoar, diminuir ou ofender como autora. Todos os trechos aqui mostrados foram retirados da sua história.


Sinopse: 
Era mais que uma faca no coração, era a morte daquele que corrompia a pureza do mundo. Era mais que a morte, era a mensagem que ela trazia. Que mensagem? Justiça? Não, um assassinato ainda é um assassinato, um crime. 
Elas não procuravam justiça, elas procuravam pela vingança que acalentaria os corações de todos os que sofreram nas mãos dos opressores. Elas, que usavam vestidos e lágrimas falsas, elas que habilidosamente manipulavam os rumores e as armas que arruinariam os seus inimigos, elas que inocentes e inofensivas, mudariam as posições de poder do país.
Juliet e Lyra não existiam, eram uma mentira, as suas belezas, as suas inocências, as suas palavras... tudo era mentira. Mas e os seus sentimentos? Seriam elas capazes de ser assassinas de sangue frio com sentimentos e memórias dolorosas a assombrá-las?

Classificação: 16+
Categorias: Originais 
Personagens: Personagem Original
Gêneros: Ação, Amizade, Angst, Aventura, Darkfic, Drama, Humor Negro, Lime, Romance
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência

Capítulos: 5 (6.937 palavras) | Terminada: Não 
Publicada: 07/08/2016 às 12:07 | Atualizada: 17/09/2016 às 15:18

Sinopse(1,5): Rainha da night, sua sinopse tem um tamanho agradável, não deixando o leitor cansado ou entediado. Você também apresenta informações interessantes e fundamentais para a construção de uma boa sinopse, consigo saber um pouco do enredo, as personagens principais e até um pouco dos seus conflitos internos. Com a pequena parte do enredo revelada, você desperta a curiosidade do leitor e o faz querer ler a sua estória e o clima de mistério gerado pelas frases iniciais fornece uma elevação na curiosidade. Nota:1,5 Capa(1,5): Sua capa é adoravelmente sombria e delicada, sombria pela existência de sombras negras e densas presentes no canto superior e nos rostos das personagens, assim como as sombras escondem um palácio é uma figura não identificada. E delicada devido aos rostos bonitos e fofos das garotas, elas parecem ser de porcelana, mas as sombras em seus rostos e suas expressões mostram o contrário. Gostei do jeito que você mesclou a delicadeza e o clima mórbido, as imagens escolhidas tem uma qualidade boa e a fonte é legível, além de combinar com a estória, parece que a fonte é antiga e frágil. Nota:1,5
Aparência: 3,0 Ortografia (3,0) Sua escrita é boa, detalhada na medida certa e coberta por metáforas, você parece ter um vasto conhecimento das palavras, pois usa expressões diferentes para mostrar a mesma coisa e algumas palavras um pouco desconhecidas pelas pessoas. Por um lado isso é bom, já por outro, o leitor pode ficar confuso com o que você quis dizer, isso aplica-se às metáforas também. Não encontrei nenhum erro em sua escrita(boa, toca aqui!), apenas achei uma certa carência na descrição de alguns ítens, você descreve os personagens com maestria, mas os locais... Às vezes eu não consigo imaginar o local ou ter uma ideia concreta de como ele seja. Nota:2,0 Crítica Geral (4,0) Amada, se eu não comentei anteriormente que sei enredo é fantástico, peço que me perdoe, não é o aniversário dele, mas ele está de parabéns! A trama conta com personagens complexos, contendo passados obscuros e futuros incertos, os personagens colocam-se em perigo com uma facilidade impressionante, não sei quem vai morrer primeiro. O que dizer quanto ao enredo? Ele é rico e original, você criou um universo novo dotado de características marcantes, desigualdades gritantes e diálogos filosóficos e complexos. Além do clima de “quero mais” gerado ao saber uma pitada das informações sobre as personagens. Algo que não posso esquecer, é o comportamento das personagens principais, as duas são divertidas e provocadoras, além de geniais. O relacionamento delas é como se fossem melhores amigas há anos, mas quando é com outras pessoas, não são elas, ambas abrem mão de suas personalidades para interpretarem personagens criadas meticulosamente por ambas. Nota:4,0 Nota final: 9,0

...

Aloha, como vai? Espero que vem!!




2 comentários:

Inês Rodrigues disse...

OMDS Muito obrigada por tudo *O* Sério adorei a crítica e vou tentar melhorar nos parâmetros em que falhei (descrição de locais sempre será o meu fraco i.i) Mas sério muito obrigada pela honestidade e por tudo! Fiquei muito feliz e ainda ri um pouco no "boa, toca aqui" haha o/ \0
Mais uma vez obrigada e até à próxima :3 Beijooos

YoungLady disse...

Fico feliz por ter ajudado <3