ADP: EstherSBorges

em domingo, 20 de novembro de 2016 |

Personalidade: Achei super válido a personagem ter problemas depressivos depois que a sua mãe morreu, pode até acontecer delas serem próximas e tals. Lembre que pessoas depressivas muitas vezes possuem medo de falar sobre isso com outras pesssoas e ainda mais de se abrir, então sinceramente não vejo a personagem conhecer o Justin e no dia seguinte ele a ajudar, isso é um longo processo. 

Não entendi muito bem a causa dela estudar em casa, já que o seu pai não tem tempo claro que ele pode simplesmente contratar o melhor professor particular para a menina e com toda certeza acho que ela vai ficar mais segura tendo aula em casa pois na escola tem o quesito social e muitas pessoas com depressão não se sentem bem vendo pessoas saudáveis e não querem que os outros descubram. Outro ponto é a anorexia, ela já pensa que está gorda e sinceramente? Não acho que quer que os outros falam com ela sobre o seu peso. Então, sugiro que ela sempre vai á escola e o problema dela aumente.

Físico: Achei tanto que as características como a atriz para a personagem bateram muito bem. 

Nome: Que nome grande HAHAHA. Sugiro diminuir um pouco, pois geralmente a pessoa na escola somente é chamada com o primeiro e o último nome, não tendo assim necessidade de mais de 1 sobrenome. 
Sugestões: Anastasia , Briana, Candice , Dana , Ella , Grace , Jane , Kari , Lucile. 

Escrever sobre problemas psicológicos sempre é um grande problema, pois muitas pessoas não sabem o que uma pessoa depressivas ou com anorexia passa e somente escreve o que escutou sem ter as sensações e alguns leitores que possuem esse problema pode sentirem até que indignados por não lerem a verdade. 

A Chave disso sempre é bastante pesquisa e sempre lembre que se você possui um problema psicológico, provavelmente o terá até o fim da sua vida. Percebi que em nenhum momento citou se a personagem faz tratamento ou não, pelo que eu vi( Os cortes) não faz e isso é uma das coisas mais importantes, já que basicamente vai ser a base do personagem. 

Sem tratamento quer dizer sem remédio que quer dizer com surtos depressivos que impacta muito em sua vida e para ser bem sincera o Justin pode a ajudar, mas isso não é remédio, ela não vai melhorar do dia para a noite pois isso é psicológico. O remédio não acaba com a depressão, ele somente diminui os efeitos. Então, ela não vai ser curada por ele, ela não vai querer querer viver sem o seu remédio mesmo que esteja apaixonada e querendo fazer isso para o Justin. 

Falando em Justin, outro ponto é o quanto ele vai a aguentar ter por perto pois uma coisa é ele a amar com saudade, outra coisa é ele a amar com depressão, durante um surto ou querendo se cortar. Ele pode até falar que vai estar com ela sempre, mas a realidade é bem pior e gostaria muito que ele tivesse consciência disso.

Espero que goste e seja útil, qualquer coisa somente pedir para refazer <3

2 comentários:

Esther Borges disse...

Obrigada, pela avaliação. Como tem um pouco de tempo que eu pedi a avaliação, eu mudei algumas coisas no enredo. Eu mudei o nome da personagem e ela vai estudar numa escola agora rsrsrs. Só que ela mora em Londres com o pai, e depois eles se mudam para o Canadá. E sobre o fato de ser difícil escrever sobre o tema, eu estudei muito a questão da auto-mutilação. E sobre a anorexia é fácil para mim escrever, pois já passei por essa fase, claro que não foi tão grava como a dela, mas tive.

FJ Weasley disse...

De nada. Desculpa pela demora, é que foi repassado para mim a muito pouco tempo e tentei ao máximo fazer o mais rápido possível.
Adorei o fato dela estudar em uma nova escola e mudar de lugar, pois ela pode se tornar mais vulnerável e deslocada.
Como disse, pesquisa é a base da fanfic e sinto muito por você ter passado pela mutilação, sei o quanto não é fácil. Espero que fique bem e boa sorte com a fic <3