CF: As músicas que me guiaram (Gessikk)

em quinta-feira, 1 de dezembro de 2016 |

Fanfic:As músicas que me guiaram

(link)

“Nossa amizade é muito mais divertida, Lydia. ” De todas as afirmações absurdas de Stiles, de cada imoralidade que saia dos lábios finos, aquela era uma das únicas falas que Lydia não podia discordar.
Melhores amigos desde a infância, Stiles e Lydia não sabiam dizer quando a relação que tinham, começou a ficar colorida. Eles sempre andaram juntos, sempre confidenciaram segredos e em algum momento, começaram a compartilhar beijos, toques e carinhos.
Já não eram apenas amigos, mas também, não eram namorados. A única certeza, era que aquela relação sem nome definido, era maravilhosa e muito melhor do que as amizades comuns.



Aparência (Capa + Sinopse) : 3,0

Capa (1,5)

Eu gostei bastante da sua capa. As fotografias estão incríveis e conversam super bem entre si e com o restante da composição. Todavia, não posso deixar de fazer algumas pequenas observações de detalhes que me geraram certo incômodo. O primeiro é relacionado às cores. Como eu sempre digo nas críticas, esse ponto é meu favorito quando se fala de DS; o motivo se dá pelo semestre todo que passei estudando teoria das cores quando fazia design — não que isso importe muito. Neste trabalho, especificamente, não achei tão interessante o uso do azul. Tenho a impressão de que ele se sobressai mais do que necessário. Obviamente  isso é uma opinião totalmente minha.
Em segundo lugar o título da fanfic está um pouco estranho na última palavra. Note que o branco se mistura ao fundo no “guiaram”, o apagando um pouco e dificultando a leitura.

Nota: 0,8

Aparência: 1,6

Sinopse (1,5)

“...cada imoralidade que saia dos lábios…”

“...cada imoralidade que saía dos lábios…”



“...únicas falas que Lydia não podia discordar.”

“...únicas falas de que Lydia não podia discordar.”


Bom, além desse pequenos equívocos destacados acima notei que você tem um certificado probleminha com vírgulas. Percebi que em alguns trechos você quebrou frases e elas ficaram incompletas. Sugiro que dê uma pequena revisada nas normas gramaticais referentes ao uso dessa pontuação.
Sobre a sinopse em si, senti falta daquele “fator” especial que chame a atenção do leitor e o faça interessar-se pela estória. Ela é muito parada e resumitiva. Sim, as sinopses são breves resumos do texto, entretanto não são apenas isso. A sua não me despertou tanta vontade de ir até a fanfic o que é indispensavel nesse quesito.

Nota: 0,8


Ortografia (4,0)

“Ela reclamou ainda mau humorada…”
“Ela reclamou ainda mal humorada…”


“...em que o melhor a encontrou trocando de …”
        Acredito que esteja faltando uma palavrinha aí!


“Acabou a encontrou sem blusa…”
“Acabou a encontrando sem blusa…”
         ou
“Acabou que a encontrou sem blusa…”


“Era explicito o amor entre eles.”
“Era explícito o amor entre eles.”


“...eu consigo nos olhinhos dele…”
 Acredito que esteja faltando algo novamente!


“Eu sempre obrigo a ele desabafar.”
“Eu sempre obrigo a ele que desabafe.”
                     ou
“Eu sempre o obrigo desabafar.”


“... e foi decida para o quarto do amigo…”
“... e foi decidida para o quarto do amigo…”


“... com qualquer coisa relacionado a sexo.”
“... com qualquer coisa relacionada a sexo.”


“Nem sei por que pergunto.”
“Nem sei porque pergunto.”



“ … ansiedade que corroía seu estomago.”
“ … ansiedade que corroía seu estômago.”


Seus erros ortográficos são em sua maioria — ou todos — causados pela falta de atenção na hora de redigir. Você escreve bem, utiliza corretamente a pontuação e é atenta ao uso da ortografia e gramática. Só seja mais cuidados na questão da revisão. O restante está ótimo.




Nota: 3,5




Crítica Final (3,0)

Faço críticas a quatro anos e nunca me senti tão apaixonada por uma história que critiquei, antes da sua. Sério! Eu adorei! Claro que sempre há ponto a serem melhorados e discutidos, contudo num aspecto global você tem uma ótima estória em mãos.
Seu enredo não é super original e beira o clichê, entretanto você sabe conduzi-lo de uma maneira que o faz viciante. Confesso que ao ler a sinopse fiquei um pouco desanimada com o que me esperava na fanfiction em si, só que quando comecei a ler o primeiro capítulo simplesmente não consegui parar. Acabei tendo que parar de escrever a crítica para ler o restante — para criticar aqui considerei apenas os três primeiros capítulos como de costume, mas realmente li todos.
Não sei se você criou a personalidade das personagens ou se são originais da série, mas eles são ótimas, principalmente o garoto. Eu estou apaixonada pelo jeito desinibido dele. Está realmente muito bacana.
É necessário sim que você busque por uma beta e que tente sempre enriquecer seu vocabulário. Procurar melhorar sempre agregará valores.
Parabéns pelo texto.

P.S. Só consegui listar os erros ortográficos até metade do segundo capítulo, depois me distraí um pouco com o conteúdo e não li tão atenta a esse quesito.
Nota: 2,8
Nota Final: 7,9

...

Desculpe pela hiper demora, mas aí está sua crítica. Espero que goste! Obrigada pela preferência!

2 comentários:

Clara Jamil disse...

Obrigada pela critica! <3 <3
Fiquei feliz por você ter gostado da história hahah..minha ideia foi justamente pegar um enredo simples e meio clichê, mas fazer com que valesse a pena ser lido pela forma como a história fosse ser conduzida!
Sobre os erros: Sou uma pessoa MUITO distraída, então realmente uma beta é a unica opção e sobre sinopses: Sou péssima.. então vou ver se consigo melhorar!
As personalidades são completamente diferentes da série haha então que bom que você! *-*
Eu amo escrever o Stiles daquele jeito descarado!
Obrigada mesmo pela critica e espero conseguir melhorar a história <3
Novamente, me deixou muito feliz você ter aproveitado enquanto lia para criticar.
Beijinhos!c

HeyLife disse...

Sério! Eu amei ele! Vou ler mais fanfics suas (risos), pode esperar.